Alisson Costa

Alisson Costa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deu início hoje (27) à Operação Dia do Trabalhador. A meta é reforçar, até a próxima terça-feira (1º), fiscalizações de excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagens irregulares em trechos com maiores índices de acidentes.

Durante os próximos cinco dias, a corporação vai promover ações de educação para o trânsito, com o objetivo de reduzir o número de acidentes e promover a segurança e a fluidez das vias a usuários de rodovias federais.

A PRF vai promover ações de educação para o trânsito, com o objetivo de reduzir o número de acidentes e promover a segurança e a fluidez das vias a usuários de rodovias federais - Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil
De acordo com a PRF, também serão realizadas ações operacionais direcionadas ao combate à criminalidade. Serão utilizados, ao todo, 1.140 viaturas, 242 motocicletas e 1.824 aparelhos de etilômetro, também conhecido como bafômetro.

Durante o período da operação, a corporação contará com reforço na fiscalização de motocicletas, com foco em infrações que potencializam a ocorrência de acidentes de maior gravidade, como o não uso do capacete e de equipamentos obrigatórios e falhas no sistema de iluminação.

Educação para o trânsito


Em alguns postos da PRF, o condutor será convidado a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas. Os motoristas, segundo a corporação, terão a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos.

Viaje com segurança

A PRF recomenda algumas condutas aos motoristas no intuito de evitar acidentes, tais como:

- respeitar as placas de sinalização, em especial os limites de velocidade;

- fazer revisões periódicas do veículo e conferir o funcionamento dos equipamentos obrigatórios;

- planejar a viagem e evitar dirigir com pressa, cansado ou com sono;

- manter uma distância mínima de segurança em relação aos demais veículos;

- em caso de chuva, redobrar os cuidados e reduzir a velocidade.

 

Fonte: Agência Brasil

Os clientes que pagarem menos de 15% da fatura do cartão de crédito e caírem na modalidade de rotativo conhecido como não regular pagarão menos juros a partir de junho. O Conselho Monetário Nacional (CMN) limitou e padronizou os juros para essa modalidade, regulamentando decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Até agora, o cliente que pagava menos de 15% da fatura migrava para o crédito rotativo não regular, que cobra juros mais altos. Quem pagava a partir de 15% e menos que 100% passava para o rotativo regular, com taxas mais baixas. Na reunião de hoje, o CMN extinguiu a diferenciação. Haverá apenas um único tipo de crédito rotativo.

A partir de agora, os juros para clientes que não pagam rotativo do cartão estão padronizados - Arquivo Agência Brasil
Por decisão do STJ, os bancos podem cobrar 2% de multa (sobre a dívida total) e 1% ao mês de juros de mora em caso de inadimplência. Até agora, os bancos cobravam a multa e os juros de mora mais uma taxa punitiva não padronizada de quem caía no crédito rotativo não regular.

De acordo com o diretor de Regulação do Banco Central, Otavio Damaso, a mudança resultará em juros mais baixos para quem cai no crédito rotativo. “Haverá uma migração das taxas do crédito não regular para o regular”, declarou.

Desde o ano passado, o crédito rotativo está limitado a 30 dias. Depois desse prazo, o cliente faz uma nova operação para parcelar a dívida com a operadora do cartão. Esse prazo continua valendo e não foi mudado.

 

Fundo Garantidor


O CMN também reduziu a parcela que os bancos são obrigados a repassar ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que cobre prejuízos de até R$ 250 por conta em cada banco e de até R$ 1 milhão por CPF em caso de quebra da instituição financeira. A alíquota passou de 0,0125% para 0,01% sobre os saldos das operações garantidas.

De acordo com o Banco Central, a alíquota mais alta era necessária para proteger o sistema financeiro quando o FGC foi criado, no fim dos anos 1990, após diversos bancos quebrarem. A maior segurança atual dos bancos, informou a autoridade monetária, permite reduzir a alíquota. O Banco Central não soube estimar o quanto a medida libera em montante de crédito.

Apesar de reduzir a alíquota para todos os bancos, o CMN criou uma alíquota adicional de 0,01% para determinados tipos de operações financeiras de bancos pequenos e médios. Esse percentual vai incidir sobre captações que as instituições financeiras fazem que poderiam ser intermediadas por outros bancos, apenas se o tipo de operação ultrapassar quatro vezes o patrimônio líquido ajustado da instituição financeira.

Segundo o Banco Central, poucos bancos pequenos e médios encontram-se nessa situação. A alíquota adicional, esclareceu o órgão, tem como objetivo coibir bancos que oferecem investimentos arriscados com o pretexto de que as aplicações estão protegidas pelo FGC.

 

Fonte: Agência Brasil

Interessados em receber o benefício do programa Bolsa Família, do governo federal, estão na mira de hakers. O novo golpe, identificado pelo laboratório da PSafe, empresa especializada em cibercrime, já ameaçou 600 mil brasileiros. nas últimas 24 horas. O objetivo do ataque é infectar smartphones e deixá-los vulneráveis a outros tipos de crime, inclusive com prejuízofinanceiro.

As vítimas receberam uma mensagem de WhatsApp induzindo-as a responder três perguntas se quisessem ganhar 954 reais. As questões eram: “você possui o cartão Bolsa Família?”, “você recebe todo mês?” e “você conhece amigos ou parentes que recebe?”.

Uma forma fácil de saber que a mensagem era golpe é que o valor do Bolsa Família não é de 954 reais – esse é o valor do salário mínimo. O pagamento do Bolsa Família varia, podendo chegar a 372 reais por mês para famílias em situação de extrema pobreza que acumulam o benefício básico, o variável e o variável jovem.

Independentemente das respostas, a vítima era encaminhada para uma página que pedia o compartilhamento do falso benefício com dez amigos ou dez grupos no WhatsApp. Após o compartilhamento, o usuário era direcionado a outra página de cadastro para fazer download de aplicativos maliciosos.

“O número de pessoas que estão acessando esse golpe está aumentando nas últimas horas. Esse perfil de golpe utilizando a popularidade do WhatsApp tende a ganhar escala rapidamente”, afirma Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.

Para evitar cair em falsas promoções, o especialista reforça a importância de as pessoas criarem o hábito de se certificarem sobre a veracidade de toda informação antes de compartilhá-la com seus contatos.

 

Fonte: MSN

Lionel Messi é disparado o atleta mais bem pago do futebol mundial, conforme informou a revista "France Football". O craque do Barcelona e da seleção argentina tem receita superior a 100 milhões de euros (R$ 417 milhões) na temporada.

As receitas de Messi turbinaram após renovação de seu contrato com o Barça, efetuado em janeiro deste ano.Segundo os termos do contrato, Messi passou a receber mais de 70 milhões de euros (85% em salário e 15% em direito de imagem), aos quais serão somados um bônus pela assinatura do contrato no valor de 63.5 milhões de euros, além de um "bônus por lealdade" de 70 milhões de euros, este último caso não deixe o clube antes do final do contrato, em 2021.

A revista francesa destaca que pela primeira vez desde que passou a fazer levantamento (há 20 anos), um atleta recebe mais de 100 milhões de euros por temporada.

O "France Football" não apresenta os valores exatos de Messi e os demais atletas, mas informa que também estão no topo dos mais bem pagos os jogadores Cristiano Ronaldo, Neymar, Ibrahimovic e Iniesta.

Os atletas de futebol chegaram a um patamar salarial compatível a esportes que costumam pagar mais a suas estrelas, como o boxe e basquete. Os jogadores "top" se aproximam de salários do astro da NBA, LeBron James, e do pugilista Floyd Mayweather. (Folhapress)

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

Com uma boa atuação, o goleiro Julio Cesar encerrou a sua carreira profissional na noite do último sábado (21) na vitória por 2 a 0 que o Flamengo conquistou sobre o América-MG, no Maracanã, onde o veterano foi ovacionado pelos torcedores rubro-negros.

Após o confronto válido pela segunda rodada do Brasileirão, ele agradeceu aos flamenguistas pelo reconhecimento e carinho após uma trajetória profissional que começou no clube carioca e depois viveu o seu ápice com a camisa da Inter de Milão e quando o jogador se consolidou na seleção brasileira, que o atleta defendeu como titular do gol do time nacional nas Copas do Mundo de 2010 e 2014.

"Foi bacana, já esperava essa situação da torcida. Realmente não consigo mensurar na minha cabeça o carinho que a torcida do Flamengo tem pelo Julio Cesar. É indescritível. Só tenho a agradecer a todos que estiveram presentes nesse dia. Gosto sempre de botar o Flamengo acima de tudo e todos. A ideia do jogo hoje era reencontrar a vitória que traz um ambiente leve e favorável para trabalhar. Coincidiu com uma despedida, tive uma participação importante e por isso no calor a torcia gritou: 'Fica Julio Cesar'", afirmou o goleiro, que desta vez conseguiu segurar as lágrimas, derramadas anteriormente nas duas duras eliminações do Brasil nos Mundiais de 2010 e 2014.

O agora ex-jogador de 38 anos de idade também fez questão de agradecer a todos que o ajudaram durante a sua carreira. "A ficha não caiu ainda. Pode ser que daqui a um ou dois dias quando eu olhar para o céu e falar: "E aí, o que eu vou fazer?", a ficha caia. Tá muito recente ainda. Eu quero encontrar a minha família, dar um beijo na minha mãe, que foi a minha inspiração e a pioneira para isso tudo acontecer na minha carreira. Não só ela, tem meu pai, parentes e todos que fizeram coisas boas por mim", ressaltou.

Julio Cesar ainda comemorou o fato de ter finalizado a sua carreira de forma positiva e enfatizou que espera ter servido como uma referência para os mais jovens que buscam ter sucesso como goleiros. "Hoje (sábado) foi um misto de emoções, sem dúvida. Dizer que não pensei em toda história seria hipocrisia da minha parte. Encerrar em um palco como o Maracanã, que foi onde tudo começou para mim, é motivo de orgulho. Vou ser sempre grato ao Flamengo por essa situação. Espero ter deixado um legado", disse.

JUAN - O veterano zagueiro Juan, que é contemporâneo de Julio Cesar e iniciou com o companheiro a sua trajetória profissional, deu um forte abraço no goleiro depois do final do jogo deste sábado e comemorou o adeus do amigo com vitória.

"Foi emocionante. Sabia que seria assim, mas graças a Deus terminou bem, com uma vitória. Foi uma despedida do jeito que ele mereceu, do nível da carreira dele. Maracanã lotado, com a camisa do Flamengo e em uma grande partida. E foi importante voltarmos a vencer após dois jogos bons, mas nos quais a vitória não veio", festejou.

Aos 39 anos, Juan também disse esperar que os três meses de convivência diária do elenco do Flamengo com Julio Cesar tenham colaborado para o crescimento dos jogadores mais novos. "Espero que principalmente os mais jovens tenham tirado muita coisa dessa humildade dele, do sacrifício que faz para treinar todos os dias e estar pronto para jogar. É uma lição que ele deu a todos do amor que tem pelo futebol. Como ele enxerga a profissão, sempre com seriedade. Sabia que seria assim, mas tinha que ter vivido isso perto desse Flamengo novo, com toda a estrutura que estamos tendo. A contribuição que ele nos deu foi fundamental", afirmou.

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

 

Receba nossa Newsletter


Para assinar nossa newsletter e você receber informações sobre as Promoções e novidades na Rádio RCN, basta digitar seu e-mail abaixo e pressionar o botão "Enter" do teclado.

 55 79 9 8141-3985